1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Melhorando a técnica e fortalecimento específico

 

Uma boa técnica de pedalada faz com que o ciclista aumente a sua capacidade de gerar potência sem se desgastar. Isso acontece pois uma melhor coordenação do movimento permite otimizar a utilização dos músculos e gerar torque no pedivela em todos os momentos, ou pelo menos em grande parte do ciclo de cada pedalada.

Para o melhor aproveitamento da pedalada é muito importante que a sua bike esteja perfeitamente ajustada, pois só assim terá capacidade de desempenhar um ciclo bem coordenado, resultado em melhora do desempenho. Portando não deixe de fazer um bom BIKE FIT  em sua bike.

Um bom aproveitamento da pedalada é demonstrado na figura abaixo, onde as setas vermelhas demonstram o vetor resultante da força aplicado no pedal. Essa seria a pedalada perfeita, pois durante todo ciclo do pedal é aplicada uma força significante tangenciando o ciclo da pedalada; infelizmente um ciclo perfeito assim é impossível.

pedalada01

 

O esperado é um ciclo parecido com a segunda figura, onde é possível notar uma queda considerável no torque no ponto mais elevado e mais baixo da pedalada, que são as chamadas zonas mortas do ciclo de pedalada. Mesmo não sendo a pedalada perfeita, representa a pedalada de um ciclista com boa técnica pois consegue gerar torque em uma grande porcentagem do ciclo.

 

pedalada2

 

 

Na figura abaixo está representado um gráfico do torque na pedivela durante um ciclo completo de 360 graus. No gráfico cada barra representa 15 graus da pedalada,  quanto mais plano estiver o gráfico melhor é a técnica do ciclista.

 

pedalada3   

 

 

  pedalada4

 

 

DESENVOLVENDO A TÉCNICA

 

Os nossos  atletas realizam treinos educativos que ajudam tanto no desenvolvimento da técnica de pedalada quanto o desenvolvimento de força especifica que ajudará desenvolver seu desempenho.

 

Esses treinos são prescritos junto a outros, normalmente são realizados no início dos treinos em relevo plano ou em subidas leves sempre com inclinação constante.  Na descrição o ciclista realiza algumas séries de pedaladas unilaterais, ou seja, com uma só perna, em cadências e intensidades predefinidas. Apesar do movimento que gera torque no pedal ser produzido por apenas uma das pernas, o ciclista deve manter os dois pés no pedal, mas concentrar o movimento em apenas uma perna (sempre pensando em fazer o ciclo perfeito da pedalada).  Os treinos que têm por objetivo ganho de força e resistência muscular localizada normalmente são realizados em subidas moderadas, com cadência mais baixa e intensidade elevada, normalmente entre cada série (perna esquerda e direita) é recomendado girar por 1 ou 2 min com as duas pernas para que ocorra a eliminação de parte do acido láctico gerado durante a atividade.

 

Outro treino que pode ajudar no desenvolvimento da técnica é a pedalada com cadência elevada, ou se o ciclista está acostumado a manter cadência de 80RPM, pedalar com 95 – 100rpm, ajudará. A pedalada com cadência mais elevada tende ao longo do treinamento melhorar a coordenação musculação, principalmente inibindo a muscula antagonista do movimento (musculatura que se opõe ao movimento principal).

 

Caso tenham qualquer dúvida entrem em contato.

 


Abraços e bons treinos

 

 

 

 

 

Strava Club TreineBr

 

Facebook

Apoio